terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

FLORIANÓPOLIS - FLORIPA

Resultado de imagem
Resultado de imagem

FLORIANÓPOLIS – FLORIPA

Florianópolis é a capital do estado de Santa Catarina, região sul do Brasil.
Antigas populações habitaram a ilha se Santa Catarina, em tempos remotos. Existem indícios da presença do chamado Homem de Sambuqui em sítios arqueológicos, que os registos, mais antigos datam de 4.800 a.C. A ilha possui numerosas inscrições rupestres e algumas oficinas Líticas, (locais onde grupos pré-coloniais poliam os instrumentos de pedra), em várias praias.
Por volta do décimo século, os povos indígenas tapuias, que habitavam a região, foram expulsos para o interior, devido à chegada de povos do tronco linguístico tupi, vindos da Amazónia.
No século XVI, aquando da chegada dos primeiros europeus à região, a mesma era habitada por um desses povos do tronco tupi, os carijós.
As actividades básicas da sua subsistência eram a agricultura e a pesca de moluscos.
Entre os carijós, a Ilha de Santa Catarina era conhecida como “Meiembipe” (montanha ao longo do mar). O estreito do continente “Y-Jureré-Mirim”, (pequena boca de água).
Os carijós, seriam depois escravizados pelos colonos de origem portuguesa, de São Vicente.
Já no início do século do XVI, os navios que se dirigiam à bacia do Prata, acostavam na Ilha de Santa Catarina, para se abastecerem.
Foi denominada, originalmente, Ilha de Santa Catarina, uma vez que, em 1673, o bandeirante Francisco Dias Velho, com família e agregados, fundador do povoado, aportou ao local no dia de Santa Catarina.
Continuou por bastante tempo assim, até se tornar vila com o nome de Nossa Senhora do Desterro. Comprovado nas correspondências oficiais, quando ainda se mencionava Ilha de Santa Catarina com que, era descrita nas cartas de navegação da época.
O nome Desterro, desagradava aos moradores. Este desgosto pelo nome, fez com que algumas votações acontecessem para a possível mudança.
Uma das sugestões foi a de Ondina, nome de uma deusa da mitologia que protege os mares.
O nome foi descartado até que, com o fim da Revolução Federalistas, já no contexto da independência, em 1894, em homenagem ao então Presidente da República, Floriano Peixoto, Hercílio Luz, finalmente mudou o nome para Florianópolis, cidade de Floriano.
Do nome, deriva o apelido de Floripa, pelo qual a cidade se tornou bastante conhecida.

Daniel Costa



2 comentários:

  1. Ola Daniel,
    Otimo texto.
    Floripa é lindo,
    os turistas adoram.
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Floripa é muito bonita, Daniel, conheço bem. A Beira-mar é um encanto, assim como outras praias Jurerê, Canavieiras etc, etc. Joaquina (o mar já é aberto, mais nervoso) os surfistas gostam. A arquitetura é lindamente portuguesa.
    Beijo. Muito boa postagem.

    ResponderEliminar