sábado, 11 de julho de 2015

LISBOA E PORTO SEGURO




<br/><a href="http://oi58.tinypic.com/x37n0n.jpg" target="_blank">View Raw Image</a>


LISBOA E PORTO SEGURO - 1500
 
Pedro Álvares Cabral, o navegador português, a quem é atribuída a descoberta do Brasil, nascido em Belmonte, em 1467 ou 1468, filho do Alcaide-mor da localidade.
Ido para corte com cerca de 10 anos, casando mais tarde com uma sobrinha, de Afonso de Albuquerque, o célebre Vice-Rei da Índia Portuguesa.
A 9 de Março de 1500, depois do adiamento por um dia, devido a tempo muito instável, dava-se a partida do grande navegador, enviado pelo Rei D. Manuel I, em missão diplomática para a Índia.
A armada foi constituída por treze embarcações, frota capitaneada por Pedro Álvares Cabral.
A partida deu-se no porto de Lisboa, antecedida de uma missa, em grandiosa cerimónia que, além corte, comportou numeroso povo.
Logo após, a frota seguiria rota, previamente traçada, empreendimento com o objetivo de retornar com especiarias valiosas e estabelecer relações comerciais com a Índia.
Essas estavam então nas mãos de árabes, turcos e italianos.
No entanto, a frota afastou-se muito da costa africana, intencionalmente ou não.
Veio, a encontrar e desembarcar no que lhe pareceu uma grande ilha a que deu o nome se Vera Cruz.
Explorando o litoral, percebeu que a grande massa de terra seria, provavelmente um continente.
Despachou em seguida um dos navios, a avisar o rei D. Manuel I da descoberta de terras.
Uma vez que estas estavam dentro de famoso tratado das Tordesilhas, reivindicou-as para a coroa portuguesa.
Havia desembarcado na América do Sul, em terras que mais tarde constituiriam o Brasil.
Porto Seguro é tido oficialmente, pois, o primeiro ponto, a ter sido descoberto pelos portugueses, no atual território brasileiro.
Em 21 de Abril de 1500, Pedro Álvares Cabral, depois de ter deixado a costa africana um mês antes, aportou ali.
O lugar avistado foi o Monte Pascoal, 62 quilómetros a sul de Porto Seguro.
No dia seguinte, pela primeira vez, os portugueses desembarcaram em terra firme, no que é hoje território brasileiro, num local, cujo ponto exato é, ainda hoje debatido por historiadores.
 
E velejando nós pela costa, na distância de dez léguas do sítio onde tínhamos levantado ferro, acharam os ditos navios pequenos um recife com um porto dentro, muito bom e muito seguro, com uma mui larga entrada.”(Pero Vaz de Caminha)
 
As expedições marítimas, rumo às descobertas, enviadas pelos reis de Portugal, uma vez que tinham como fim; “dilatar a fé e o império”, eram sempre acompanhadas de elementos do clero.
Assim logo no dia 26 de Abril de 1500, um Domingo, foi celebrada a primeira missa no Brasil, pelo franciscano Henrique Coimbra, na praia da Coroa Vermelha.
A mesma, no dizer de Pero Vaz de Caminha, em carta enviada para Portugal, ao rei D. Manuel I, traçou um marco na História do Brasil.
O momento encontra-se num quadro de Victor Meireles, “A Primeira Missa no Brasil”, pintado em 1860.
O dia é ainda marcado como feriado municipal em Belmonte, por ser a terra de nascimento, do descobridor do Brasil.
 
Daniel Costa
 
 
 
 

6 comentários:

  1. Meu amigo Daniel preciso vir aqui com calma, pois é uma relíquia este recanto. Virei com certeza meu querido. Parabéns pelo recanto. Grande abraço!

    ResponderEliminar
  2. Simplesmente maravilhoso tudo que escreveu Daniel e esse é o sorriso de Deus em unir duas nações.
    Obrigada pela visita e comentário,mas não posso falar qual é a minha poesia.
    Quem sabe não votará nela?
    Bjs e um ótimo final de domingo.
    Carmen Lúcia..

    ResponderEliminar
  3. Que lindo e adorei ter vindo te ler,Daniel! Sempre saímos ganhando e a união de Lisboa e Porto Seguro faz sentido! Não conheço ainda Lisboa, mas adoro P.Seguro! abração, chica

    ResponderEliminar
  4. Olá, Daniel...muito bom o relato do descobrimento do Brasil , Pedro Álvares Cabral,
    também, não conheço Lisboa,infelizmente, mas, conheço Porto Seguro...Temos que destacar que devemos agradecer , também, muito à Pero Vaz de Caminha por escrever muito bem, fatos que chegaram até os nossos dias, para ao menos , ainda que hoje muito ainda é debatido por historiadores, elucidar um pouco sobre como foi o descobrimento do Brasil,por onde chegaram pela primeira vez, etc...
    Agradecido,feliz semana,belos dias, abraços!

    ResponderEliminar
  5. Olá Daniel!

    Obrigada pelo convite, eu ainda não conhecia esse teu blog. Aliás, você tem tantos blogs que tem hora que nem sei em qual entrar rsrs.
    Sempre gostei de ler teus escritos e cada vez que te leio te admiro ainda mais pela força, coragem, fé, determinação. Tua superação diante do que passou, realmente não há outro nome a dizer, só mesmo milagre divino na tua vida. Que Deus te proteja e te ilumine a cada dia mais.
    Muito bem escrito e detalhado seu relato sobre o Descobrimento do Brasil. Porto seguro é aconchegante uma delicia, conheço bem, Lisboa só conheço pela internet rsrs. Portugal deve ser um País maravilhoso e bastante acolhedor, lugar de gente inteligente, lugar de grandes Poetas e Escritores. Eu tomei o gosto pela poesia quando criança através de alguns poetas Português, como (Fernando Pessoa, “esse é o meu preferido”) Luís de camões, Florbela Espanca, Eça de Queirós, Jose Saramago entre tantos outros... Aliás, O Brasil tem Poetas e Escritores maravilhosos também. Portugal e Brasil uma ligação perfeita.
    Parabéns pela beleza e detalhes do texto. Um blog mesmo, com sorriso de Deus... Já vou até me colocar como seguidora.
    Deixo um abraço um sorriso!
    Até breve Daniel!

    ResponderEliminar
  6. Daniel, esse seu blog eu não conhecia e o achei ótimo! Estou seguindo e virei mais vezes aqui, textos interessantíssimos. Obrigada por ter deixado o link no meu blog.
    Li algumas postagens e voltarei em breve.
    Bjus, querido amigo do lindo Portugal.

    ResponderEliminar