domingo, 26 de agosto de 2012

CLUBE DE SWING



CLUBE DE SWING

O Inspector passou o dia no seu escritório de Lisboa, entre E-Mail’s e telefonemas, a resolver os vários casos pendentes.
Enquanto isso, andou sempre meditativo, em relação ao caso Vanessa.
Haveria mesmo motivo, para a sua preocupação?
Do modo, como ela expusera, tudo dava a entender que sim, mas sua visão inicial, nada de estranho notara.
Porém, se necessário, procederia a mais verificações, do comportamento de Adolfo, no Europa Bar, onde pelos vistos, ia todas noites.
Decidiu portanto, também marcar ali afincada presença, com o fim de trazer bem vigiada a possível presa.
Olavo jantou e disse a Vera, que ia tomar café com o seu Licor Beirão, no Europa Bar, onde podia regressar tarde.
Logo após saiu.
Ao entrar no espaçoso Bar de diversão e reunião nocturna, nada de Adolfo, apesar de já ali se encontrarem amigos seus.
Olavo foi tomado o café e bebendo, calmamente o licor, sempre observando e meditando.
Passado um certo tempo, viu entrar Adolfo, acompanhado por uma elegante mulher.
Como é evidente, com descrição, já não desviou os seus sentidos deles.
Verificou, terem escolhido mesa, de modo a ficarem a sós.
Ali fizeram o seu consumo, enquanto conversaram, depois meteram-se no carro e zarparam.
Olavo muito atento, seguiu-os à distância, também no seu carro evitando ser notado.
Numa zona, perto da Sé de Lisboa, pode dizer-se no espaço, entre a Baixa Pombalina e Alfama.
Adolfo estacionou o carro e ambos saíram. Alguém veio entreabrir, espreitou e sem franquear mais a porta, fez sinal para para que entrassem.
Como não lhe pareceu moradia, Olavo ficou como que petrificado.
Depois, suspirou e ali perto, num café, com o seu jeito, veio a saber que um Clube de Swing ali funcionava.
A Baxa Pombalina, é uma reconstrução de 1755, pelo Marquês de Pombal, após o célebre terramoto, de 1 de Novembro, desse ano, que devastou Lisboa, assim como várias localidades, nomeadamente no Algarve.
O terramoto, mais marmoto, que pela sua grande intensidade, interessou bastantes filósofos europeus.
Visto Olavo ter de rever a estratégia em relação a Adolfo, foi pensando, na vizinha e vetusta Sé de Lisboa.
Apesar de se situar, na encosta, foi bastante atingida pelo sismo.
A Sé de Lisboa, inicialmente designada, por Igreja de Santa Maria Maior, mandada erigir pelo rei D. Afonso Henriques em 1150, três anos após ter reonquistado aos mouros, o que viria a ser capital de Portugal.
Foi construída no local de uma antiga mesquita, para o primeiro bispo de Lisboa, o cruzado Inglês, Gilbert de Hasting.
No século XV, três terramotos, assim como o de 1755, foram muito inclementes para a Matriz de Lisboa.
Ao que tudo indica, construída sobre a antiga mesquita Muçulmana, o primeiro impulso de edificação da Sé de  Lisboa deu-se entre 1147, data da reconquista da cidade,  aos primeiros anos do século XIII.
No projecto, foi adoptado um esquema idêntico ao da Sé de Coimbra.
A Sé de hoje é uma mistura de estilos, com a fachada e as duas torres sineiras ameadas e a esplêndida rosácea, a manterem sólido aspecto romântico.
Curioso, ainda hoje se pode ver a pia baptismal, onde foi baptizado Santo António.
Possuindo a Sé Catedral, bastantes tesouros, a peça mais preciosa é a arca que contém os restos mortais de S. Vicente, padroeiro da cidade.
Os mesmos foram transferidos do Cabo de S. Vicente, para Lisboa em 1173.
A lenda reza, que dois corvos sagrados mantiveram uma vigília permanente sobre o barco que transportava as relíquias.
Os corvos e o barco tornaram-se o símbolo da cidade de Lisboa.

Daniel Costa

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

LISBOA DO FADO



LISBOA DO FADO

De regresso, de novo, ao apartamento de Angra dos Reis, Olavo reviu, o seu computador, o seu mundo de trabalho, ali viu ter de voltar a Lisboa.
Na capital do que chegou a ser o maior império do velho mundo, uma nova cliente, de seu nome, Vanessa, pretendia contratar os seus serviços.
Com Mirta agarradinha ao seu pescoço, depressa a preveniu que, no dia seguinte viajaria para Lisboa.
Do mesmo modo, pelo MSN, avisou a amada Vera.
Em Angra dos Reis, Mirta não se coibiu, de passar a noite a demonstrar o amor que lhe dedicava.
Olavo sabia ter uma boa figura de homem e ao mesmo tempo pensava:
- Ter o que se pode chamar de; sorte com mulheres e seus amores.
No dia seguinte era recebido, na sua casa, em Lisboa, por sua verdadeira amada Vera.
Só ao outro dia o Inspector policial, reiniciava o seu trabalho, no escritório local.
Dentre os variados casos, de menor importância, lá estava o apelo de Vanessa.
Pedia uma reunião com ele, para o que deixara número de telemóvel, afim de tornar o contacto rápido.
O que Olavo fez a seguir.
No éter, uma voz doce o atendeu.
Desejava ser recebida a seguir, para o que ficou logo marcado um almoço de reunião no grande Centro Comercial Colombo, para o Inspector ficar ao corrente do que a afligia.
Na hora marcada, num bom restaurante, que Olavo escolhera, de antemão e indicara,
chegava Vanessa, uma presença feminina, muito altiva, enquanto interessante.
Depois de lida a carta gastronómica e os pedidos feitos, esta entrou logo no assunto que a preocupava e a levara a pedir a intervenção de Olavo:
- Era o seguinte: seu marido, o Adolfo, a poucos anos do casamento, parecia ter perdido o interesse por ela!
O interlocutor, apenas fez um grunhido, um hummm!
A seguir pediu dados, do Adolfo e do seu comportamento presente.
Além destes, ficou a saber que muitas vezes à noite, tinha reuniões de trabalho, no Europa Bar, um espaço lisboeta, com bastante animação cultural.
Depois foi pedida foto de Adolfo.
Pedido logo satisfeito, por bastante lógico.
No fim, Olavo prometeu, dar inicio à investigação, do caso logo nessa noite.
O Centro Colombo, é um centro comercial de lazer e muito visitado.
Está localizado, junto à Avenida Lusíada e à Segunda Circular.
Junto ao edifício, há terminal da autocarros e estação de Metro.
O Centro foi inaugurado em Setembro de1977.
A arquitectura do espaço e a sua decoração original, foram adaptadas à época dos Descobrimentos Portugueses, um dos períodos mais importantes da História d Portugal.
As praças e ruas do seu interior têm nomes alusivos à época quinhentista. São paradigmáticas, a dos Descobrimentos, o Trópico do Câncer, etc.
Ente 2007 e 2009 a decoração interior, foi renovada, com a mistura de temas contemporâneos aos originais.
O centro possui capela, bastantes restaurantes, exposições periódicas, cinemas, cafés, grandioso hipermercado e muito mais.
Em suma, uma cidade, dentro da cidade.
Quando foi inaugurado era o maior centro comercial de Península Ibérica.
Em 119.725 m2, conta com 404 lojas, como a livraria FNAC, Zara, Sport Zone, Vobis, Adidas Originals, etc.
Quem se der ao trabalho de estacionar, numa das praças, pode apreciar a muita elegância feminina lisboeta que por ali vai desfilando.
Porém Olavo, como prometera a Vanessa, jantou e foi para o Europa Bar, onde tomou café acompanhado dum cálice do famoso Licor Beirão.
Numa mesa próxima, lá estava Adolfo, num grupo de amigos.
Dele então não desgrudou a vista.
Até que todos saíram.
Discretamente, seguiu o motivador a investigação, até que o viu entrar em casa.

Daniel Costa

sábado, 4 de agosto de 2012

LENÇÓIS MARANHENSES



LENÇÓIS MARANHENSES


O Parque dos LENÇÓIS MARANHESES, não fugia da cabeça de Olavo.
Contratou um pequeno aviao, para fazer o périplo de ida e volta.
Em pouco, estava perante essa maravilha natural, que são, sem sombra de dúvida, os LENÇÕIS MARINHENSES.
Pode dizer-se, de nível mundial, senão veja-se:
- O Parque Nacional dos LENÇÓIS MARANHENSES, é um parque nacional brasileiro, criado em 2 de Junho de 1981, com uma área de 155 mil hectares.
Distante, 260 quilómetros da cidade de São Luís, a capital do Maranhão, ocupando, uma área de 270 quilómetros quadrados.
Trata-se dum ecossistema costeiro, que associa ventos fortes e chuvas regulares.
Consiste num faixa de dunas que avança entre 5 e 25 em direcção ao interior.
As dunas formam pequenas lagoas de água doce.
Já está explícito que se localiza no Estado do Maranhão, o que Olavo não disse, é que o parque se estende pelos municípios de Barreirinhas, Humberto de Campos, Primeira Cruz, Santo Amaro do Maranhão e Paulino das Neves.
Além da via terrestre, o acesso, pode se feito, entrando o canal do Rio Preguiça, que nasce no parque.
A sede do parque, fica a 2 quilómetros de Barreirinhas.
Todo este esplendor foi observado, por Olavo numa viagem de barco, pelo Rio Preguiça, que tem o leito a cortar o parque a meio, até desaguar no mar.
Depois deste périplo, o Inspector regressou a São Luís, onde almoçou o pôde entrar em contacto, com Fábio.
Dizendo porque, queria ir a Arari falar-lhe, marcaram uma reunião, mesmo para a tardinha desse dia.
Ora, Arari, dista 162 quilómetros de São Luís.
Contratou os serviços de um operador de táxi, que o informou ser a estrada boa.
De Facto, antes da hora marcada chegava a Arari.
O motorista transportou-o à empresa onde trabalhava Fábio.
Este bastante solicito, atendeu Olavo, cordialmente e porque o Inspector o inteirara, por alto, do que lhe queria questionar!
Fábio conduziu o Inspector à sala de reuniões, onde puderam conversar, sem serem incomodados.
Uma vez ali, Olavo perguntou, o motivo, porque abandonara a esposa, a trocara por outra, indo fixar-se em Arari?
Este respondeu:
- Refizera a vida em Arari, devido à mulher ter a doença bipolar, bastante acentuada, com crises muito frequentes.
Em suma:
- Luna, era uma excelente mulher, que lhe fizera da vida um Inferno.
No entanto, propôs-se ficar a criar os filhos, como nunca deixou de ser boa mãe, Fábio consentiu, mas manteve o casamento, para melhor controlar esse aspecto.
Agora já havia netos, sobre esses, também Luna, o punha ao corrente.
Olavo, ficara esclarecido, já tinha a solução do puzle para, na reunião marcada para esse dia à noite, confrontar a cliente e lhe fornecer a conclusão.
Engraçado!...
O inspector que dormira com ela, não dera por nada!
Rebuscou na memória, então era o seguinte:
- O distúrbio bipolar, é uma forma de humor, caracterizado, por ideias maníacas, umas vezes hiperactivas, outras depressivas, ou maníacas.
 Sintomas de depressão, ou triteza, devido a repentina ansiedade.
O sintoma pode revelar-se no ocaso da vida.
Apenas a recorrência a um psiquiatra, pode ajudar.
As crises podem ser mais ou menos frequentes.
No caso de Luna, segundo Fábio, eram bastante frequentes, de tal maneira que, mesmo gostando dela achou por bem o abandono, não fosse ele contrair alguma doença do género.
De Arari, só ficou a conhecer o que o motorista, o foi informando durante a viagem de regresso:
- Arari, signica pequena arara, é também cidade e município maranhense.
O município foi fundado pelo padre jesuíta português, José da Cunha D’Eça.
A actividade económica da região, consta da pesca, da melancia e do arroz.
Arari, de 27.000 habitantes, é banhada pelo rio Mearim.
Ao jantar, no Hotel Pestana São Luís, deu à sua cliente as conclusões, que obtivera, do próprio Fábio.
A seguir, confrontou-a sobre o distúrbio bipolar.
Ela respondeu, agarrando-se a ele, com a pergunta:
- Achaste alguma coisa em mim?
De facto, Olavo achou-a uma mulher muito interessante e culta, com quem dava gosto conversar.
Tinham acabado jantar, era tarde, só largou Olavo, aquando possuída.
Depois dormiu junto e muito agarradinha!

Daniel Costa